CHAPADA DOS VEADEIROS NA VILA DE SÃO JORGE & PIRENÓPOLIS – 18 a 25 de julho de 2021

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é de uma beleza descomunal. Localizado no nordeste do Estado de Goiás, se caracteriza por possuir uma vegetação típica do cerrado, abrigando inúmeros rios cristalinos, incontáveis cachoeiras, paredões de pedra, cânions e belas paisagens e formações rochosas. Organizamos um roteiro para absorvermos esta imensidão natural escolhendo atrações com trilhas e caminhadas leves mas não menos bonitas e atrativas. Vamos nos hospedar na charmosa e sossegada Vila de São Jorge, originalmente uma vila de garimpeiros de cristal quartzo, hoje um charmoso e rústico vilarejo com 400 moradores, onde suas ruas são de terra, exalando natureza, simplicidade, misticismo e com sua gente descolada. À noite, sua iluminação proporciona um clima de aconchego com seus charmosos bares e restaurantes de qualidade.

Também vamos conhecer Pirenópolis, Patrimônio Histórico e Cultural pelo IPHAN, na qual a mineração do séc XVIII deixou um rico legado arquitetônico, cultural e gastronômico. Sem falar de sua natureza ao redor com cachoeiras e belezas naturais.

Enfim, neste roteiro conciliamos natureza, cidades com opções gastronômicas charmosas, cultura e muita história!

Roteiro

18-julho-domingo – SÃO PAULO / BRASÍLIA / VILA DE SÃO JORGE (250km)
Apresentação no Aeroporto de Congonhas, no balcão da cia Gol, às 06:10, para embarque no voo Gol G3 1594 saindo 08:10. Chegada em Brasília às 09:55. Seguiremos para uma breve visita ao Congresso Nacional, Palácio do Itamaraty, Esplanada dos Ministérios e a Catedral Metropolitana. Almoço. Após o almoço, seguiremos para a Vila de São Jorge, na Chapada dos Veadeiros (250km). Acomodação na Pousada Caminho das Cachoeiras, com localização privilegiada, distante 150m do centro da vila. A pousada possui uma agradável piscina com ambientes aconchegantes e um lindo paisagismo. Noite livre.

19-julho- 2ª feira – VILA DE SÃO JORGE / VALE DA LUA / VILA DE SÃO JORGE
Café da manhã na pousada. Saída para conhecermos o Vale da Lua, uma das paisagens mais famosas da chapada e também o local mais visitado. Mas não é por menos: o Rio São Miguel desce e lapida suas pedras desenhando as formas inusitadas do Vale da Lua. O rio forma uma grande sequência de corredeiras e caldeirões. É um cenário mágico. Também é possível nadar em suas águas e piscinas naturais. A trilha que leva ao Vale da Lua é fácil e tem apenas 600m (1.200m ida e volta). Retorno a Vila de São Jorge. Almoço. À tarde, passearemos por São Jorge a pé. Conheceremos a capelinha de São Jorge, com sua simplicidade e charme e visitaremos a Casa da Cultura “Cavaleiro de São Jorge”, um espaço democrático para manifestações culturais. La vivenciaremos a cultura popular da “garrafada”, uma mistura de ervas e raízes para fins medicinais. Tempo livre para suas lojinhas. Noite livre.

20-julho- 3ª feira – VILA DE SÃO JORGE / CACHOEIRA DO PAPAGAIO / ALTO PARAISO / LOQUINHAS / VILA SÃO JORGE
Café da manhã na pousada. Saída com destino a Alto Paraiso de Goiás. No caminho, pararemos no Jardim de Maytrea, um típico campo de cerrado com seus imponentes morros, campos floridos de chuveirinho e buritis centenários. Desde a estrada, caminharemos 40m até o mirante. Continuaremos nosso passeio com destino a Cachoeira do Papagaio, um tesouro ainda pouco conhecido dentro da Fazenda “Árvore Grande”. São corredeiras de água formadas pelo Rio dos Couros, com água incrivelmente límpida, várias piscinas naturais para banhos e hidromassagem. Tempo para banhos. O acesso às cachoeiras é fácil, por uma trilha de 200m (400m ida e volta). Na sequência, seguiremos para Alto Paraiso onde almoçaremos. Após o almoço, seguiremos para a Fazenda Loquinhas, onde faremos a trilha “Loquinhas” de 1,5km (total) em passarelas de madeira suspensa, para admirar este complexo único de quedas d´água e poços de águas esverdeadas. É uma bela contemplação da natureza, com vários pássaros e também macaquinhos. O local possui boa estrutura, com escadas para acesso aos poços. Um dos poços mais lindos é o do “Xamã”, que tem sua própria nascente de água. Na sequência, seguiremos para a “Feira do Produtor Rural”, onde vivenciaremos a verdadeira essência do cerrado, que acontece somente 3ª feiras (16h00 às 18h00) e sábados. Retorno à Pousada. Noite livre.

21 de julho - 4ª feira – VILA DE SÃO JORGE / CACHOEIRA DO SEGREDO / VILA DE SÃO JORGE
Café da manhã na pousada. Hoje, nos dedicaremos à visita de uma das atrações e atividades mais lindas de toda a Chapada dos Veadeiros: a Cachoeira do Segredo. É uma queda d´água, de aproximadamente 100m de altura, em meio a um lindo cânion com seu paredão de pedra repleto de verde. A queda d´água forma um lindo poço calmo e gelado. É um local incrivelmente lindo. Também, sua trilha de acesso, é considerada fácil e também uma das mais lindas da chapada, pois se caminha às margens de um riacho, que cruzamos várias vezes, e forma várias lagoas ótimas para banhos e descanso. A trilha é praticamente toda plana, debaixo de sombra e com distância de 4 km (8km ida e volta). Nosso almoço será tipo piquenique, às margens de uma destas lindas e aprazíveis piscinas naturais. Retorno à pousada. Noite livre.

22 de julho - 5ª feira – VILA DE SÃO JORGE / PIRENÓPOLIS (340km)
Café da manhã na pousada. Saída pela manhã com destino a Pirenópolis. Almoço no caminho. Chegada e acomodação na Pousada Villa Bia, localizada no centro histórico da cidade, distante 300m de suas grandes atrações, instalada em um belo casarão, rodeado de muito verde e com uma deliciosa piscina. Noite livre.

23 de julho - 6ª feira – PIRENÓPOLIS
Café da manhã na pousada. Pela manhã, conheceremos a histórica Pirenópolis, tombada como conjunto arquitetônico pelo IPHAN e localizada aos pés da Serra dos Pireneus. Fundada em 1727 por garimpeiros e bandeirantes portugueses, tornou-se um importante centro urbano com mineração de ouro, comércio e agricultura. Hoje preserva seus casarões, ruas e calçadas em pedra e também suas festas populares como a “cavalhada”. Faremos nosso city tour a pé, visitando a Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário de 1728 e primeira igreja do estado de Goiás, a Igreja Nossa Senhora do Bonfim, construção em taipa e adobe de 1750, o Theatro de Pyrenópolis construído com donativos da população. Visitaremos também o pequeno Museu da Cavalhada, retratando a sua nobre festa popular e naturalmente passaremos pela Ponte do Carmo, cartão postal da cidade e também pela “Rua do Lazer”, repleta de restaurantes e barzinhos. Almoço. Tarde livre para passear por suas ruas e lojinhas. Noite livre.

24 de julho - sábado – PIRENÓPOLIS / SERRA DOS PIRENEUS / RESERVA VARGEM GRANDE / CACHOEIRA SANTA MARIA / VENDA DO BENTO / PIRENÓPOLIS
Café da manhã na Pousada. Saída com destino a Reserva Particular Vargem Grande (unidade de conservação do bioma do cerrado). Subiremos a Serra dos Pirineus por uma estrada com 10 km de terra. Observaremos uma rica diversidade vegetal com veredas, mata ciliar e campos de cerrado rupestre. Nosso destino, será a Cachoeira Santa Maria, dentro da reserva particular de Vargem Grande, uma linda queda d´água com um belo poço, cercado por um areião estilo praia. Um paraíso para banhos. O acesso à cachoeira tem uma trilha fácil de 500m. Tempo para banho. Seguiremos para nosso almoço no Restaurante/Museu “Venda do Bento”, antigo armazém que abastecia a cidade. Retorno a Pirenópolis. Noite livre.

25 de julho - domingo – PIRENÓPOLIS / BRASÍLIA 160km / SÃO PAULO
Café da manhã na pousada. Saída pela manhã com destino a Brasília. Almoço. Apresentação no aeroporto às 13:30, para embarque no voo G3 1455, saindo 15:30. Chegada em Congonhas as 17:15.